Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Crédito de micros com o governo vai servir de garantia

As micro e pequenas empresas vão poder oferecer as vendas ao governo como garantia para financiamentos. O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, informou ontem que o governo deve regulamentar a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, aprovada no ano passado, que prevê um direito de preferência nas vendas ao governo para micro e pequenas empresas.

Agência Estado |

Segundo ele, a regulamentação da medida - que deve ser feita por decreto - permitirá que esses estabelecimentos que fornecem produtos ao governo utilizem seus recebíveis para obter crédito. A medida deve estar pronta até o fim do ano.

Segundo Bernardo, os pequenos valores são pagos à vista, mas os valores maiores levam cerca de 30 dias para serem quitados pelo governo. São esses créditos que poderão ser entregues aos bancos públicos e privados como garantia de empréstimo. O ministro disse que a regulamentação da lei está sendo discutida com o Ministério da Fazenda e a medida pode até viabilizar uma linha de crédito especial para micro e pequenas empresas.

O ministro disse que, no ano passado, mais de R$ 9 bilhões foram vendidos ao governo por esse segmento. "Queremos usar este espaço que as micro e pequenas empresas conquistaram no governo para garantir o crédito neste momento."

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG