Tamanho do texto

Os empréstimos bancários japoneses cresceram 2,5% em outubro, ante o mesmo período de 2007, atingindo 397,2 trilhões de ienes (US$ 4,2 trilhões). É a maior expansão desde agosto de 1992, segundo o Banco (central) do Japão.

A alta decorre das dificuldades das companhias de obter dinheiro nos mercados de bônus corporativos, em razão da crise financeira, levando-as a recorrer aos bancos, disse o BC japonês.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.