SÃO PAULO - Os bancos franceses Crédit Agricole e Société Générale anunciaram nesta segunda-feira que fecharam um acordo de fusão entre suas unidades de gestão de ativos. O Crédit Agricole deterá 70% e o Société Générale 30% na nova empresa resultante da união.

Segundo o comunicado, as duas companhias tinham juntas 638 bilhões de euros em ativos sob administração em setembro e, com a união, formarão a quarta empresa da Europa no ramo.

A nova empresa terá como objetivo os segmentos de varejo de ambos os bancos. Além disso, se focará nos clientes institucionais com fundos baseados em renda fixa e ações em euros, dólares e ienes.

Os dois bancos estimam que a operação gerará economia de até 120 milhões de euros anualmente a partir do terceiro ano, a partir do terceiro trimestre de 2009. No entanto, ainda não divulgaram os valores do acordo.

As unidades envolvidas no negócio operam em 37 países e tiveram receita anualizada de 1,8 bilhão de euros e lucro operacional de 900 milhões de euros, os bancos disseram.

Com a notícia do acordo, as ações do Société Générale há pouco tinham alta de 8,8% na bolsa de Paris, enquanto os papéis do Crédit Agricole ganhavam 7%.

(Vanessa Dezem | Valor Online com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.