Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

CPI dos Grampos quer detalhes sobre equipamentos da PF e Abin

BRASÍLIA - O presidente da CPI das Escutas Telefônicas, deputado Marcelo Itagiba (PMDB-RJ), explicou que o objetivo das convocações aprovadas ontem pela comissão é esclarecer o funcionamento e o alcance de equipamentos de interceptação telefônica e varredura de grampos usados pela Polícia Federal e pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

Valor Online |

A comissão vai convocar O ministro da Defesa, Nelson Jobim; o diretor-geral da Polícia Federal (PF), Luiz Fernando Corrêa; e o diretor-geral afastado da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) Paulo Lacerda.

A afirmação foi feita há pouco no Supremo Tribunal Federal (STF), onde integrantes da CPI e da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado formalizam convite para que o ministro Gilmar Mendes compareça a audiência na Câmara. Itagiba deixou o encontro antes do final, reafirmando que considera as denúncias graves.

Ele lembrou que a informação divulgada nesta semana sobre a existência de equipamentos na Abin capazes de realizar escutas telefônicas é grave e precisa ser apurada. Itagiba disse que a CPI quer que Paulo Lacerda explique como estes aparelhos são usados em operações da agência. No caso da PF, a CPI quer que Luiz Fernando Corrêa, esclareça como funcionam os equipamentos de varredura de telefones da corporação e como eles são usados.

(Agência Câmara)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG