Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Costa diz que Lula ainda vai analisar minuta de MP sobre Correios

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, disse que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda vai analisar a minuta de Medida Provisória que moderniza a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). A minuta já foi encaminhada ao Palácio do Planalto por Hélio Costa, há mais de um mês, e prevê que os Correios sejam transformados numa sociedade anônima de capital fechado.

AE |

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, disse que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda vai analisar a minuta de Medida Provisória que moderniza a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). A minuta já foi encaminhada ao Palácio do Planalto por Hélio Costa, há mais de um mês, e prevê que os Correios sejam transformados numa sociedade anônima de capital fechado. "Falei com o Lula há pouco e ele disse que vai pedir para chegar às mãos dele a MP", disse Costa, ao chegar do encontro com o presidente. A minuta está no momento na Casa Civil da Presidência. Costa acrescentou que não há pendências jurídicas na proposta e que só falta a assinatura de Lula. Ele explicou que no início das discussões do Plano Nacional de Banda Larga, no ano passado, chegou a apresentar a opção de a ECT fazer a gestão do programa. "À época tinha citado três ou quatro opções e uma delas foi a ECT. No desenvolver do projeto, não foi apreciada a hipótese dos Correios", disse o ministro. Ele ressaltou, no entanto, que a ECT tem competência para gerir qualquer projeto. "Não estou fazendo antecipação de nada. Estou dizendo que os Correios podem fazer a gestão de qualquer projeto importante, notadamente na sua área de influência, que é a das comunicações", disse. A opção mais forte no governo, para ser a gestora do programa de banda larga é a Telebrás. Mas diante de várias dificuldades técnicas, jurídicas e legais, outras hipóteses vêm sendo cogitadas, como os Correios e o Serpro. A próxima reunião ministerial com o presidente Lula para discutir o plano deverá ocorrer no dia 15 de abril, segundo Costa. O ministro das Comunicações fará a transmissão de cargo para o seu sucessor, José Artur Filardi, hoje às 13 horas. Hélio Costa deixa o Ministério para se candidatar ao governo de Minas Gerais, pelo PMDB.
Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG