Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Cosan tem prejuízo de US$ 29,3 milhões no trimestre

SÃO PAULO (Reuters) - A Cosan, maior companhia de açúcar e álcool do país, registrou um prejuízo líquido de 29,3 milhões de dólares no seu primeiro trimestre fiscal (maio, junho e julho), em comparação com um lucro líquido de 1,2 milhão de dólares em igual período de 2007. A empresa obteve receita operacional líquida de 394 milhões de dólares, 301,3 milhões de dólares do mesmo trimestre da temporada anterior.

Reuters |

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, da sigla em inglês) caiu para 14,6 milhões de dólares, contra 25,7 milhões de dólares do mesmo intervalo da safra passada.

'Conforme prenunciado, a Cosan S.A.teve um início de safra ruim', disse a empresa em um comunicado.

Segundo a nota, os preços do etanol, apesar de ligeiramente melhores que há um ano, caíram no início da safra. Já os preços do açúcar 'parecem estar em início de processo de recuperação'.

'Além disso, a apreciação cambial no trimestre, mais uma vez, pressionou negativamente os resultados das exportações', disse a empresa.'

A Cosan afirmou que uma série de 'eventos adversos ao setor' levou a empresa a promover uma 'revisão tática para este exercício social'.

'Assim, a Companhia iniciou um intenso programa de acúmulo de estoques, tanto em etanol quanto, principalmente, em açúcar, para se valer dos fortes incentivos financeiros que o mercado tem dado para o carregamento de produto', informou a nota.

'Adicionalmente, a Cosan acentuou ainda mais os esforços em um mix alcooleiro para sua produção.'

Segundo a Cosan, essa estratégia acabou reduzindo a comercialização de açúcar no curto prazo, 'o que debilita ainda mais a diluição dos custos e despesas fixas, mais uma vez pressionando resultados no curto prazo'.

(Por Fabio Murakawa)

Leia tudo sobre: empresasindústria

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG