WASHINGTON (Reuters) - A economia dos Estados Unidos fechou 598 mil postos de trabalho em janeiro, o corte mais profundo em 34 anos, enquanto a taxa de desemprego subiu para 7,6 por cento, segundo relatório do Departamento de Trabalho divulgado nesta sexta-feira, que ressalta o aprofundamento da recessão no país. O fechamento de postos de trabalho em janeiro foi pior que o projetado pelo mercado, que apostava em redução de 525 mil vagas.

Os analistas de Wall Street também esperavam taxa de desemprego menor, de 7,5 por cento.

(Reportagem de Glenn Somerville)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.