Uma semana após o fim da greve dos funcionários, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos já conseguiu regularizar a maior parte dos serviços. Até ontem, 99% das 67,5 mil encomendas que trafegaram pela empresa desde o 1º de julho - quando começou o movimento - foram entregues, assim como 90% das 600 milhões de correspondências.

Os dias parados foram compensados por meio de um banco de horas, que permitiu a redução do atraso. Todos os serviços devem estar regularizados até o fim desta semana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.