A matéria enviada anteriormente contém um erro. A divulgação foi feita pela Secretaria de Emprego e Relações do Trabalho e não pela Secretaria da Fazenda, como seguiu.

Segue texto corrigido, na íntegra.

A Secretaria de Emprego e Relações do Trabalho divulgou hoje que o programa Banco do Povo Paulista (BPP), gerido pelo governo e financiador de capital de giro e investimentos fixos, disponibilizará R$ 80 milhões para pequenos e microempreendedores neste primeiro semestre. O anúncio do repasse de verba ao programa foi feito quinta-feira pelo secretário de Emprego e Relações do Trabalho, Guilherme Afif Domingos, que frisou a importância do montante para fomentar a criação de empregos em tempos de crise econômica. "Esperamos que neste momento, em que muitos trabalhadores tornam-se empreendedores por necessidade, a oferta de crédito incentive a geração de renda", afirmou.

Além do repasse, o governo ainda prevê um aumento no limite de empréstimos, atualmente destinado às empresas que faturam até R$ 150 mil por ano. "Vamos aumentar o limite dos negócios para empresas que tenham faturamento bruto de até R$ 240 mil anuais", ressaltou o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo.

Em 2008, o BPP concedeu R$ 77 milhões aos pequenos e microempreendedores, recursos que beneficiaram 20 mil negócios. Até outubro, segundo dados do Banco Central, o BPP tinha 4,53% de participação do mercado nacional de microcrédito, com R$ 59,6 milhões em empréstimos.

O programa é executado pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho em parceria com as prefeituras. Cerca de 90% dos recursos utilizados são do governo do Estado e 10% são das prefeituras parceiras, tendo como agente financeiro o Banco Nossa Caixa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.