Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Correção: Inflação ao consumidor chinês cai pelo 3º mês

O título da nota enviada anteriormente está incorreto. A taxa de inflação ao consumidor chinês recuou, e não os preços.

Agência Estado |

A nota, que se segue na íntegra, estava correta.

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da China subiu 6,3% em julho, em comparação com o mesmo período do ano passado, ritmo inferior à alta de 7,1% registrada em junho deste ano e também no seu mais baixo patamar em 10 meses. Julho foi o terceiro mês consecutivo no qual os aumentos dos preços ao consumidor desaceleraram. Os dados foram divulgados hoje pelo Escritório Nacional de Estatísticas do país.

Os preços dos produtos alimentícios, um grande componente do CPI, aumentaram 14,4% em julho, ante o mesmo mês de 2007, desacelerando em comparação com a elevação de 17,3% registrada em junho. Já os preços dos produtos não alimentícios subiram 2,1% em julho, levemente superior a alta de 1,9% registrada em junho.

Um abrandamento na inflação pode encorajar o governo de Pequim a atuar mais na sua decisão anunciada no mês passado de focar tanto na manutenção do crescimento econômico quanto no controle da inflação, mas as pressões dos preços permanecem altas e poderiam aumentar de novo no ano que vem, alimentadas pelos preços ao produtor. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG