O título da nota enviada anteriormente continha um erro. A palavra recorde, como adjetivo, é invariável.

Portanto, os superávits no ano e em 12 meses são recorde. A informação no texto, porém, estava correta:

Brasília, 27 - O chefe do Departamento Econômico (Depec) do Banco Central (BC), Altamir Lopes, informou hoje que o superávit primário do setor público consolidado (governo central, Estados, municípios e empresas estatais) acumulado nos sete primeiros meses de 2008, de R$ 98,225 bilhões, e o saldo positivo nos últimos 12 meses até o mês passado, de R$ 120,254 bilhões, são recordes para os respectivos períodos.

Além disso, Altamir informou que o superávit primário do setor público em julho, de R$ 12,109 bilhões, foi o melhor resultado para o mês na série histórica, iniciada em 1991. Ele destacou que o resultado de julho teve contribuição de todas as esferas do governo, o que é bastante positivo, e foi responsável por amenizar o impacto com a despesa com juros, fazendo com que a dívida líquida subisse apenas 0,2 ponto porcentual no período.

Altamir disse ainda que o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o Produto Interno Bruto (PIB) deve ficar estável em 40,6% em agosto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.