Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Correa admite que crise financeira pode afetar Equador

Quito, 11 out (EFE).- O presidente equatoriano, Rafael Correa, advertiu hoje que seu país pode ser atingido pela crise financeira internacional caso se agravem suas conseqüências em nível mundial.

EFE |

A crise "está se agravando, já não é só uma crise dos Estados Unidos, é também da Europa, então a coisa fica um pouco mais perigosa" porque acontece um fenômeno "que em economia se chama contágio", assinalou Correa, que é economista.

Apesar de ter dito há alguns dias que aparentemente seu país não estava em perigo, Correa reiterou hoje, durante seu habitual programa de rádio, que a previsão mudaria caso o "contágio" da crise se expanda.

Se a crise "não passasse dos EUA, o assunto estava controlável", assegurou Correa, que disse ainda que o sistema financeiro equatoriano "está controlado", com contas no exterior diversificadas.

No entanto, "se houver um contágio generalizado, seria preciso ter cuidado", frisou. EFE fá/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG