Tamanho do texto

As exportações da Coreia do Sul registraram em janeiro a maior queda da história, com uma diminuição de 32,8% em relação ao mesmo mês do ano passado, para US$ 21,69 bilhões. As importações declinaram 32,1% na mesma comparação, para US$ 24,66 bilhões, resultando num déficit comercial de US$ 2,97 bilhões no primeiro mês do ano, de acordo com os dados do Ministério da Economia do Conhecimento.

Em dezembro, as exportações sul-coreanas já haviam diminuído 17,9%, enquanto as importações tinham declinado 21,6%, resultando num superávit comercial de US$ 542 milhões.

Os dados de janeiro foram piores do que o esperado. A média das projeções de seis economistas consultados pela Dow Jones era de uma queda de 28,2% nas exportações e de 29,6% nas importações. Os economistas projetavam um déficit comercial de US$ 1,78 bilhão em janeiro. As informações são da Dow Jones.