Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Coréia do Norte faz reforma ministerial voltada para a economia

Pelo menos nove ministros foram substituídos no governo da Coréia do Norte em uma recente reforma ministerial, na qual a meta do regime comunista foi melhorar a economia do país, informaram fontes sul-coreanas.

AFP |

Nove das 37 pastas ministeriais mudaram de mãos, incluindo Energia Elétrica, Transportes Ferroviários, Comércio, Finanças e Pesca, segundo o ministério sul-coreano da Unificação.

Pyongyang também modificou os comandos do Exército e do Partido Comunista.

A reforma pretende estimular a economia e preparar o país para a possível sucessão de Kim Jong-il, segundo analistas.

O estado de saúde do líder norte-coreano, de 66 anos, que não designou um sucessor, é objeto de boatos desde que ele não compareceu, no dia 9 de setembro, ao desfile militar pelos 60 anos do regime comunista.

Segundo fontes americanas e sul-coreanas, Jong-il sofreu um derrame cerebral em agosto, mas se recuperou e permanece no poder em Pyongyang.

jkw/fp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG