SÃO PAULO - Em sua reunião de setembro, o Comitê de Política Monetária (Copom) manteve as mesmas projeções feitas em junho e julho para o reajuste nas tarifas residenciais de eletricidade e de telefonia fixa no acumulado deste ano. A estimativa de alta para a energia elétrica continuou em 1,1%. A projeção para o reajuste da telefonia fixa permaneceu em aumento de 3,5% no acumulado de 2008.

Esta última projeção se mantém igual desde janeiro.

"(Valor Online)"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.