Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Convidada ao G20, Argentina culpará globalização pela crise

Buenos Aires, 17 fev (EFE).- A presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, disse hoje que na próxima cúpula do G20 em Londres, para qual foi convidada, discutirá como enfrentar o desmoronamento da globalização.

EFE |

"Acabamos de receber um convite do primeiro-ministro do Reino Unido (Gordon Brown) para estar em Londres em 1º e em 2 de abril na reunião do G20", disse ela em um ato na Casa Rosada, residência presidencial argentina.

O Governo argentino adiantou na semana passada a posição que levará à reunião de Londres durante uma reunião em Buenos Aires entre o chanceler argentino, Jorge Taiana, e o secretário do Ministério de Relações Exteriores do Reino Unido, Mulloch Brown, responsável pela próxima cúpula do G20 por determinação de Gordon Brown.

A Argentina insistirá na necessidade de reformar os organismos monetários e financeiros multilaterais, em particular do Fundo Monetário Internacional.

Também defenderá que as disciplinas de ordenamento macroeconômico e do setor externo sejam exigidas não só dos países em desenvolvimento, como alega que foram até agora, mas também dos países industrializados.

O Governo argentino também proporá no G20 que gere um alto fluxo de capitais e financiamento aos países em desenvolvimento a taxas de juros comparáveis às dos mercados dos principais países desenvolvidos, modificando o papel das agências de classificação de risco.

A Argentina bateu seguidos recordes de classificação de risco nos rankings de investimentos, durante o ápice de sua crise econômica, no início desta década. EFE nk/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG