Os novos contratos futuros e de opções de etanol hidratado com liquidação financeira da BM&FBovespa começam a ser negociados no próximo dia 17, informou hoje o diretor de commodities da Bolsa, Ivan Wedekin, durante o seminário Perspectivas para o Agribusiness em 2010 e 2011, realizado em São Paulo. Com o contrato, a Bolsa espera criar um instrumento eficaz de proteção contra as oscilações de preço.

Os novos contratos futuros e de opções de etanol hidratado com liquidação financeira da BM&FBovespa começam a ser negociados no próximo dia 17, informou hoje o diretor de commodities da Bolsa, Ivan Wedekin, durante o seminário Perspectivas para o Agribusiness em 2010 e 2011, realizado em São Paulo. Com o contrato, a Bolsa espera criar um instrumento eficaz de proteção contra as oscilações de preço. "A volatilidade do etanol é o inimigo número 1 dos participantes da cadeia de etanol, pois excede em muito a margem de lucro da atividade e carrega um enorme potencial de destruição de valor", afirmou.

Segundo Wedekin, a expectativa da Bolsa é de que o contrato consiga atrair mais participantes da cadeia produtiva, como usinas, distribuidoras, cooperativas e até postos de gasolina, para o mercado futuro. O executivo manteve o discurso otimista mesmo quando questionado sobre a relutância das distribuidoras em utilizar instrumentos de tomada de risco. "O mercado sucroalcooleiro está passando por uma profunda transformação, uma integração muito grande da cadeia. Os agentes estão mudando, assim como as práticas", afirmou.

O novo contrato será cotado em reais e terá formação de preço na região de Paulínia, em São Paulo, apurado pelo Cepea. Wedekin explicou que Paulínia será a referência de preço por se tratar do "mais importante centro de mistura e distribuição de combustíveis no País". Segundo ele, a oscilação de preço do etanol na região é menor do que nas usinas. Outra característica do contrato é que os preços serão isentos de tributos, como o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e o PIS/Cofins. O contrato será cotado em reais por metro cúbico e terá vencimentos em todos os meses do ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.