SÃO PAULO - Os contratos futuros indexados ao dólar negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM & F) acompanharam o mercado à vista e fecharam a quinta-feira com alta expressiva. O contrato de abril, o mais líquido, avançou 1,3%, para R$ 1,792. O vencimento de maio subiu 1,29%, a R$ 1,802.

O contrato para julho ganhou 1,28%, com preço de R$ 1,825.

Ao todo, foram negociados 477.665 contratos cambiais. O giro financeiro foi de R$ 42,712 bilhões (US$ 23,931 bilhões). Ontem, foram movimentados 262 mil contratos cambiais, com giro de R$ 23,165 bilhões (US$ 13,132 bilhões).

O dólar comercial terminou a R$ 1,787 na compra e R$ 1,789 na venda, com alta de 1,35% - a segunda maior de 2010. Na roda de " pronto " da BM & F, a moeda subiu 1,22%, para fechar a R$ 1,7865.

A taxa Ptax - média das cotações do dólar apurada pelo Banco Central (BC) e ponderada pelo volume de negócios - terminou a R$ 1,7840 na compra e R$ 1,7848 na venda, alta de 1,18%.

(Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.