Tamanho do texto

SÃO PAULO - Os contratos futuros indexados ao dólar negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM & F) encerraram a sessão com baixa expressiva. O contrato para abril de 2009 - o mais líquido - fechou com recuo de 1,96%, a R$ 2,316.

O vencimento de maio de 2009 terminou a R$ 2,333, com queda de 1,98%. Junho deste ano teve o dólar cotado a R$ 2,347, com recuo de 2%.

No total, foram negociados 268.035 contratos cambiais. O giro financeiro foi de R$ 31,223 bilhões (US$ 13,482 bilhões). Ontem haviam sido transacionados 209.485 contratos cambiais, com giro financeiro de R$ 24,581 bilhões (US$ 10,52 bilhões).

No mercado comercial à vista, o dólar comercial fechou negociado a R$ 2,299 na compra e na R$ 2,301 na venda, com forte queda de 2,12%. Na roda de "pronto" da Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM & F), a moeda perdeu 2,17%, para R$ 2,299.

A taxa Ptax - média das cotações do dólar apurada pelo Banco Central (BC) e ponderada pelo volume de negócios - fechou a R$ 2,3150 na compra e R$ 2,3158 na venda, com queda de 0,89% perante o fechamento anterior.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.