Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Contra a inflação, Lula lança programa Mais Alimentos

A agricultura familiar, grande aposta do governo para elevar a oferta de alimentos e ajudar a conter a alta da inflação, vai contar apenas com R$ 1 bilhão a mais para o financiamento da próxima safra. Parte desse adicional deverá ser corroído pelos custos mais elevados para a produção, devido ao aumento do preço do petróleo e fertilizantes no mercado internacional.

Agência Estado |

O programa, batizado de Mais Alimentos, foi lançado hoje pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A oferta de crédito com juros mais baixos para a agricultura familiar subiu de R$ 12 bilhões no ano passado para R$ 13 bilhões neste ano. Desse total, R$ 6 bilhões serão para a compra de tratores, máquinas e implementos agrícolas com até 15% de desconto. Os motocultivadores terão desconto maior, de 17,5%.

O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, previu que os preços do feijão, produto que teve forte influência na elevação dos índices de inflação, vão cair num prazo de até 180 dias, resultado das medidas de incentivo à produção. Stephanes rebateu as críticas de que as medidas de apoio à agricultura são "tímidas" e assegurou que, se for necessário, o governo vai aportar mais recursos para o campo.

Leia tudo sobre: inflação

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG