Tamanho do texto

SÃO PAULO - O número de pessoas empregadas na zona do euro cresceu 0,2% no segundo trimestre deste ano em relação aos três meses anteriores, o correspondente a 283 mil pessoas.

No mesmo intervalo de comparação, o contingente de pessoas na ativa na União Européia também avançou em 0,2%, ou 401 mil pessoas.

De janeiro a março, ambas regiões verificaram aumento de 0,3% no número de trabalhadores.

Pelo levantamento da agência oficial de estatísticas Eurostat, o emprego teve ampliação de 1,2% na eurozona e de 1,3% no bloco europeu nos três meses até junho perante igual período de 2007.

A previsão era de que 226,4 milhões de pessoas estavam empregadas na União Européia no segundo trimestre, sendo 146 milhões na região do euro.

(Juliana Cardoso | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.