SÃO PAULO - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje reajustes tarifários de cerca de 15% para os clientes da Bandeirante Energia e da CPFL Piratininga, distribuidoras de energia elétrica que atuam no interior e litoral do estado de São Paulo. No caso da Bandeirante, que atende 1,4 milhão de clientes em 28 municípios na região do Alto Tietê e do Vale do Paraíba, o reajuste será de 15,45% para os clientes residenciais e de 14,82% para os industriais. Para a CPFL Piratininga, o reajuste autorizado foi de 14,01% para os consumidores residenciais, de baixa tensão, e de 16,36% para os clientes de alta tensão. A empresa atende 1,3 milhão de unidades consumidoras, em 27 municípios da Baixada Santista e Oeste Paulista.

Segundo a Aneel, os percentuais de reajuste das distribuidoras refletem, dentre outros fatores, a variação do IGP-M, índice previsto no contrato de concessão para mensurar a inflação no período, e o aumento da cotação do dólar, que influencia o custo do contrato de suprimento da energia de Itaipu.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.