Tamanho do texto

O consumo de energia elétrica atingiu 32.509 gigawatts no mês de julho no sistema elétrico nacional, 6,1% acima do consumo registrado em igual mês do ano passado e o segundo maior patamar mensal registrado em 2008. No acumulado dos sete primeiros meses do ano, o consumo atingiu 225.929 GW, uma alta de 3,8% em comparação como igual período de 2007. Os dados constam da resenha mensal do mercado de energia elétrica, divulgada hoje pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

Os principais destaques nas duas comparações foram as classes residencial e comercial. Em julho, o consumo residencial subiu 8,4% frente a julho de 2007, para 7.673 GW, enquanto o comercial avançou 7,2%, para 4.813 GW. Entre janeiro e julho, o consumo residencial avançou 5%, para 54.813 GW, enquanto o comercial cresceu 4,3%, para 35.651 GW.

Entre julho de 2007 e de 2008, o número de unidades consumidoras residenciais no país aumentou 3,5%, representando a incorporação nesse período de 1,8 milhão de novas unidades. O consumo médio nas residências brasileiras foi de 148,1 KWh/mês nos 12 meses, 1,1% acima do registrado no mesmo intervalo findo em 2007, diz a nota publicada pela EPE.

Entre as demais classes de consumo, o setor industrial elevou o consumo em 5,3% em julho, para 15.476 GW, enquanto outros consumidores cresceram 3,8%, para 4.547 GW. Entre janeiro e julho, as indústrias consumiram 103.843 GW, alta de 3,3% em comparação aos sete primeiros meses de 2007, enquanto outros consumidores foram responsáveis por 31.621 GW, alta de 2,7%.

A região Centro-Oeste foi a que apresentou o maior crescimento de consumo em julho. A alta foi de 7,7% em relação a julho de 2007, para 1.962 GW. O maior consumo continuou com o Sudeste, com 17.716 GW, alta de 6,6%. A seguir aparece a região Sul, com consumo de 5.523 GW, alta de 6,9% frente a julho do ano passado, enquanto o Nordeste respondeu por 5.318 GW, 3,5% acima de julho de 2007. A Região Norte consumiu 1.990 GW no mês passado, alta de 5,2%.

Entre janeiro e julho, o maior crescimento é da região Sul, com alta de 5,1% frente aos sete primeiros meses do ano passado, para 39.357 GW. A seguir, com crescimento de 4,7%, ficou o Nordeste, que respondeu por 37.241 GW no período. A Região Norte viu o consumo avançar 4% entre janeiro e julho, para 13.348 GW, enquanto o Centro-Oeste subiu 2,7%, para 12.929 GW.

O maior consumo no acumulado dos sete primeiros meses do ano foi do Sudeste, com 123.053 GW, uma alta de 3,2% em relação aos sete primeiros meses do ano passado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.