Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Consumo de carne bovina no varejo paulista cai 10%, dizem supermercados

Os supermercados do Estado de São Paulo registraram uma queda no consumo de carne bovina da ordem de 10%. O principal motivo para a retração, segundo Martinho Paiva Moreira, vice-presidente de Comunicação da Associação Paulista de Supermercados (Apas), é o elevado preço do produto ao consumidor, consequência da alta nas cotações da matéria-prima.

Agência Estado |

"O consumidor não concorda em pagar um valor tão alto e acaba substituindo a carne bovina por outras proteínas animais", afirma Moreira.

A queda no consumo de janeiro pode não ser a única. De acordo com Moreira, não está descartada uma nova retração na procura por carne bovina nos próximos meses por causa dos preços altos. Ele acredita que os consumidores irão trocar a carne por produtos derivados de suínos e carne de frango. "A expectativa é de que haja uma adequação da renda com o valor dos produtos", afirma Moreira.

A valorização da carne bovina é atribuída ao aumento do boi gordo. O preço médio da arroba medido pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/USP) passou de R$ 74,61 por arroba em janeiro do ano passado para R$ 84,01 no mês passado, uma valorização de 12,6%.

"O supermercado não trabalha com uma margem tão grande quanto se imagina. Eles compram o traseiro com osso, por exemplo, a R$ 6,80 o quilo, têm uma perda de aproximadamente 30% com a desossa, gordura e outros produtos rejeitados pelos consumidores e vende o patinho a R$ 10,90 o quilo", afirma Moreira.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG