SÃO PAULO - O consumidor paulistano pretende gastar menos nas festas de fim de ano de 2008. De acordo com pesquisa divulgada nesta quinta-feira pela Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP), 47% dos entrevistados afirmaram que reduzirão as compras de Natal em relação ao ano passado. Em 2007, apenas 25% declararam essa intenção. http://ultimosegundo.ig.com.br/economia/2008/11/27/para_abras_natal_eleva_faturamento_dos_supermercados_em_10_3095063.html target=_topPara Abras, Natal eleva faturamento dos supermercados em 10%

A opção por cortar gastos é reflexo da apreensão e cautela dos consumidores diante dos impactos da crise financeira internacional na economia do País, avalia o economista Guilherme Dietze.

Ele destacou que o paulistano também está inseguro quanto à manutenção da renda, citando levantamento feito pela Fecomercio-SP em outubro, que mostrou que o reflexo da crise mais temido pelo consumidor é a perda do emprego.

13º salário

O paulistano destinará o 13º salário ao pagamento de dívidas e à poupança. Ainda segundo a pesquisa, 38% dos entrevistados pretendem quitar débitos, e outros 38% querem poupar. Apenas 22% destinarão o valor às compras de Natal.

No levantamento, a Fecomercio-SP ouviu 1,1 mil consumidores no município de São Paulo no dia 14 de novembro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.