Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Consultoria destaca boa fase da indústria africana

Segundo relatório, "leões africanos" merecem mais atenção dos investidores internacionais

AE |

Um relatório da consultoria Boston Consulting Group (BCG) chama atenção para o "despertar" da economia africana, em particular para oito países com taxas de crescimento semelhantes ou maiores do que as das principais economias emergentes.

Segundo o estudo, apresentado em Casablanca, no Marrocos, desde 1998, as 500 maiores empresas africanas fora do setor bancário cresceram 8,3% ao ano. Esse desempenho foi impulsionado pelas exportações, cujo crescimento anual passou de 3% nos anos 90 para 18% desde 2000, diz a consultoria.

Mas o relatório destaca 40 empresas, todas localizadas em países chamados "leões africanos", que, na opinião do instituto de pesquisas, merecem mais atenção do que recebem dos investidores internacionais. A pesquisa analisou mais de 600 companhias atuando em todos os setores. Um pente fino inicial reduziu a lista para 70, que foram então reduzidas para 40 após uma avaliação de seus fundamentos e de seu desempenho.

"Há, é claro, muito mais de 40 companhias africanas dignas de nota", disse o diretor do BCG em Casablanca, Patrick Dupoux. "A lista foca naquelas com ambições globais." Leões. Os leões africanos são Argélia, Botsuana, Egito, Líbia, Ilhas Maurício, África do Sul e Tunísia.

Juntos, eles responderam por 70% do Produto Interno Bruto (PIB) africano em 2008 e têm em comum estatísticas mais positivas de poder de compra, ambiente de negócios e estabilidade política. "Se alguns países tiraram proveito da alta dos preços das matérias-primas, a maioria dos leões se beneficiou de uma maior estabilidade política, a emergência de um consumidor africano e a implementação de política públicas que incentivam o investimento privado", disse Dupoux. Em 2008, o PIB per capita desses países foi de US$ 10 mil, comparado com a média de US$ 8,8 mil dos Bric.

Leia tudo sobre: iGeconomiaáfrica

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG