Tamanho do texto

Crescimento foi de apenas 0,2% em agosto sobre igual período de 2009. Em um mês, houve queda de 5,4%

 As consultas ao Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) - um termômetro das vendas a prazo no comércio - marcaram leve alta de 0,2% na primeira quinzena deste mês, em relação ao mesmo período do ano passado. Na comparação com a primeira metade de julho, houve queda de 5,4%, segundo balanço divulgado hoje pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

No entanto, quando se olha a média por dias úteis de venda, agosto marca crescimento de 2,5% sobre a primeira quinzena de julho. A entidade lembra que o resultado foi influenciado pelas vendas de bens duráveis para o Dia dos Pais, que ocorreu no dia 8 deste mês.

Por sua vez, as consultas ao Usecheque - que indica o desempenho das vendas à vista - subiram 1,5% na comparação com igual período de 2009, mas marcaram queda de 0,7% na comparação mensal. Além das vendas de Dia dos Pais, os números refletem a continuidade do clima frio, que estimula as vendas de roupas e calçados , diz a associação.

Na média diária, as consultas ao Usecheque subiram 7,6% na comparação mensal. A ACSP ainda reporta uma alta de 4,4% da inadimplência no crediário, na comparação com o mesmo período do ano passado. Em relação à primeira quinzena de julho, houve queda de 9,1% no volume de registros de carnês em atraso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.