Washington, 19 ago (EFE).- O começo de obras de imóveis caiu 11% em julho a um ritmo anual de 965 mil unidades, e as permissões para novas casas unifamiliares caíram ao nível mais baixo em 26 anos, informou hoje o Departamento de Comércio americano.

Depois que as obras novas chegaram a um ritmo anual de 1,084 milhão de unidades em junho, a maioria dos analistas tinha calculado que a cautela das empresas construtoras faria o ritmo diminuir para 960 mil unidades.

O ritmo de começo de obras em julho foi o mais baixo em 17 anos.

Em um ano, as obras novas diminuíram 29,6%.

Os construtores nos EUA estão reduzindo rapidamente sua produção de casas novas, para sonseguir se desfazer de um enorme estoque de casas à venda, como resultado da onda de execuções hipotecárias e da restrição do crédito.

O número de permissões para a construção de casas unifamiliares e apartamentos caiu 17,7% em julho, a um ritmo anual de 937 mil, e diminuiu 32,4% em um ano. EFE jab/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.