Tamanho do texto

Washington - A construção de imóveis nos Estados Unidos caiu 10,6% em outubro em relação ao mês anterior, e com isso acumula uma queda anualizada de 30,7%, informou nesta quarta-feira o governo americano.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237573895167&_c_=MiGComponente_C

O número de permissões de obras concedidas aos construtores também diminuiu 4% em outubro frente ao mês anterior, e caiu 24,3% em um ano.

Os dados refletem as dificuldades ainda enfrentadas pelo setor imobiliário americano, cuja bolha deu origem à crise econômica mundial.

Em outubro, começaram as obras em 529 mil casas, frente às 592 mil de setembro e às 763 mil de outubro de 2008.

A maior queda ocorreu nos edifícios de apartamentos, onde a construção caiu em 33,3% a respeito de setembro. O início de obras em casas unifamiliares, que são as mais comuns nos Estados Unidos, diminuiu 6,8%, em comparação ao mês anterior.

O número de obras que terminaram em outubro subiu 1,9%, para 740 mil, número 29,9% inferior ao volume do mesmo mês de 2008.

Os dados ruins de outubro para o setor refletem a incerteza em torno de um abono de US$ 8 mil para as pessoas que compram sua primeira casa, que estava previsto para vencer no final do ano.

No início deste mês, o Congresso estendeu o programa e aprovou uma nova ajuda de US$ 6,5 mil para pessoas que já possuem uma casa e que querem comprar outra.

Por isso, os analistas preveem que a construção se recupere nos próximos meses.

Leia mais sobre Estados Unidos

    Leia tudo sobre: casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.