Washington, 17 set (EFE).- O início de obras de imóveis nos Estados Unidos diminuiu 6,2% em agosto e o número de permissões para novas casas caiu ao nível mais baixo em 26 anos, informou hoje o Departamento de Comércio americano.

A construção de novas casas caiu a um ritmo anual de 895 mil unidades, o menor em 17 anos, e muito abaixo das 955 mil unidades que a maioria dos analistas esperava.

O começo de construção de casas unifamiliares caiu 1,9% em agosto a um ritmo anual de 630 mil unidades, também o mais baixo em 17 anos.

As permissões para construção de casas e apartamentos, que são um indicador da atividade futura, caíram 8,9%, a um ritmo anual de 854 mil unidades.

As autorizações para casas unifamiliares caíram 5,1%, que é também o número mais baixo em 26 anos.

As empresas de construtoras estão reduzindo drasticamente sua produção de casas novas, à espera de se livrar de um enorme estoque de unidades que não são vendidas.

O fato de as execuções hipotecárias terem alcançado níveis sem precedentes complica os esforços dos construtores, porque acrescenta casas e apartamentos em um mercado onde o crédito está restrito. EFE jab/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.