Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Conselho do FGTS libera R$ 6 bi em títulos para BNDES

O conselho curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), aprovou nesta tarde a liberação de R$ 6 bilhões em títulos CVS, papéis lastreados em resíduos de financiamentos habitacionais da década de 80, que estavam em seu patrimônio. Esses títulos serão vendidos para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) via Caixa Econômica Federal, que é o banco operador dos recursos do FGTS.

Agência Estado |

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, que preside o conselho, informou que essa operação será boa para o FGTS, pois o fundo será credor do BNDES e, por outro lado, o BNDES poderá utilizar esses títulos em financiamentos para o setor produtivo. "Ao invés desse dinheiro (referentes aos títulos) ficar parado, fazemos ele girar", afirmou o ministro, ao deixar a sala da reunião.

Essa operação de repasse dos títulos CVS faz parte de uma grande operação em que o governo tenta ampliar as fontes de recursos do BNDES para o financiamento de projetos de empresas em geral.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG