O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) tem reunião extraordinária marcada para amanhã, segundo a assessoria do Ministério do Trabalho. O único tema da pauta é parte das medidas que deverão compor o pacote habitacional do governo previsto para ser anunciado na quarta-feira.

Segundo conselheiros ouvidos pela Agência Estado , até o início da tarde de hoje, havia uma "divergência de números" entre os técnicos do governo em relação às fontes de recursos que serão utilizadas para operacionalizar as medidas.

A previsão é que haja recursos do Orçamento Geral da União (OGU) para subsidiar financiamentos habitacionais de famílias com renda mensal de até três salários mínimos e outra parcela de recursos do orçamento e do FGTS para subsidiar os financiamentos para famílias com renda entre três e dez salários mínimos.

Por se tratar de uma reunião extraordinária, os valores que comporão o novo orçamento do FGTS para financiamento habitacional poderão ser conhecidos pelos conselheiros apenas no início da reunião. Os votos extras serão apresentados pelos representantes do governo no Conselho Curador, como Ministério das Cidades e Caixa Econômica Federal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.