WASHINGTON - O Congresso norte-americano aprovou neste sábado uma lei com um grande pacote de ajuda para o mercado imobiliário, oferecendo um financiamento emergencial para a Fannie Mae e a Freddie Mac, criando um novo regulador para os titãs do setor de hipotecas e formando um fundo de US$ 300 bilhões para ajudar proprietários de imóveis endividados. Com o mercado imobiliário norte-americano na maior crise desde a grande depressão, o Congresso atuou com velocidade incomum nos últimos dias para levar a lei em ano de eleições para a Casa Branca, onde o presidente George W. Bush já afirmou que irá assiná-la.

A lei, aprovada pela Câmara na quarta-feira e no Senado neste sábado, ainda oferece isenção de impostos para incentivar a compra de moradias, regulariza o primeiro sistema de licenciamento de concessoras de hipotecas e autoridades de empréstimos, e repassa aproximadamente US$ 4 bilhões para autoridades locais para comprar e reformar casas hipotecadas em comunidades atingidas severamente pelas altas taxas de execuções de hipotecas e queda dos preços.

(Reportagem de Kevin Drawbaugh e Patrick Rucker)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.