Tamanho do texto

O Congresso do Brasil deve analisar em duas semanas a entrada da Venezuela no Mercosul, que já tem o aval de Argentina e Uruguai, informaram nesta segunda-feira fontes brasileiras no Parlamento regional (Parlasul), instalado em Montevidéu.

"O Dr. Rosinha' (Florisvaldo Fier, presidente do Parlasul) se reuniu na semana passada com o presidente da Câmara de Deputados do Brasil (Arlindo Chinaglia), que prometeu analisar a questão da Venezuela em duas semanas", destacaram as fontes.

Os parlamentos de Brasil e Paraguai ainda devem aprovar a entrada da Venezuela no bloco, e a votação em Asssunção ainda não está prevista.

Até que os Parlamentos de todos os membros do bloco ratifiquem a entrada da Venezuela, o país caribenho não poderá ser um membro pleno do Mercosul.

No momento, Caracas tem voz, mas não voto nas instâncias do Mercosul.

yow/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.