Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Confiança dos consumidores dos EUA registra maior queda em outubro

Nova York, 17 out (EFE) - A confiança dos consumidores dos Estados Unidos na economia registrou, em outubro, a maior queda mensal contabilizada, informou hoje a Universidade de Michigan, que estuda este indicador há mais de 50 anos.

EFE |

Depois de, em setembro, ter registrado um ligeiro aumento, até 70,3 pontos, o índice de confiança correspondente a outubro, divulgado hoje pela instituição, se situou em 57,5 pontos, seu menor nível desde junho.

Desde que, em 1952, o índice começou a ser elaborado, apenas em quatro ocasiões houve quedas superiores a 10 pontos, incluindo esta, que é de 12,8 pontos.

O menor patamar do índice foi registrado em maio de 1980, quando chegou a descer até 51,7 pontos, enquanto há um ano se encontrava em 82 pontos.

A queda deste mês ocorreu apesar de, nas últimas semanas, as autoridades e instituições públicas terem intensificado extraordinariamente seus esforços para elevar a confiança dos consumidores americanos na economia e evitar, assim, uma maior estagnação dos mercados.

Além disso, a redução de outubro também é muito maior que a prevista pelos economistas, que a situavam em torno de 64 ou 65 pontos, e reflete claramente o temor gerado entre os consumidores com a crise financeira e a desaceleração da economia.

Em condições normais, a contenção da inflação, em geral, e a baixa dos preços dos combustíveis, em particular, teriam causado um aumento da confiança.

As expectativas dos consumidores para os próximos seis meses, um parâmetro que ajuda a observar a intenção de gasto a curto prazo, caíram de 67,2 para 56,7 em um mês.

Quanto às condições atuais da economia, o índice alcançou seu menor nível na história, já que se situou em 58,9 pontos. EFE mgl/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG