Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Confiança do consumidor tem ligeira melhora em dezembro, mostra FGV

SÃO PAULO - O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) avançou para 97,4 pontos em dezembro após ficar em 96,9 pontos um mês antes. As avaliações sobre o quadro atual melhoraram em relação a novembro, mas as expectativas seguem deteriorando-se, revelou pesquisa da Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgada há pouco.

Valor Online |

 

O indicador referente à situação atual foi de 98,1 pontos em novembro para 104,8 pontos agora e o índice de expectativas caiu a 93,5 pontos perante os 96,2 pontos do mês passado, marcando assim o menor nível da série iniciada em setembro de 2005.

No último mês do ano passado, o ICC ficou em 120,3 pontos. O Índice da Situação Atual marcou 121,7 pontos e o Indicador de Expectativas equivaleu a 119,7 pontos.

Em dezembro deste exercício, correspondeu a 21,1% a parcela dos consumidores que classificaram como boa a situação financeira da família. O grupo dos que a consideraram ruim situou-se em 13,2%. Antes, esses percentuais eram 17% e 16,1%, respectivamente.

Para os próximos meses, no entanto, a proporção dos que esperam recuperação na situação econômica local foi de 21,1% em novembro para 18,3% neste mês e o percentual daqueles que aguardam piora saiu de 32,3% para 36,3%.

O ICC é composto por cinco quesitos contidos na Sondagem de Expectativas do Consumidor, realizada com base em uma amostra de mais de 2 mil domicílios em sete das principais capitais brasileiras.

Leia mais sobre: confiança do consumidor

Leia tudo sobre: confiança do consumidor

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG