Após três meses consecutivos em queda, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) brasileiro apresentou avanço de 4,5% em agosto, ante o mês anterior. O indicador apurado pela Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP) chegou aos 137,5 pontos.

Na comparação com agosto do ano passado, a elevação representou 5,2%. O ICC varia de zero a 200 pontos, indicando pessimismo abaixo de 100 pontos e otimismo acima desse nível.

Na avaliação da Fecomercio-SP, a alta do ICC foi reflexo do arrefecimento do medo inflacionário. De acordo com a instituição, os consumidores também estão menos receosos devido à melhora do emprego e renda aliada à queda dos níveis de endividamento.

Segundo o levantamento, a avaliação dos consumidores acerca das condições econômicas atuais do País apresentou alta de 0,2% em relação a julho, atingindo 140,6 pontos, enquanto a expectativa em relação ao futuro mostrou avanço de 7,7% na mesma base de comparação, registrando 135,4 pontos.

Leia mais sobre confiança do consumidor

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.