Tamanho do texto

A confiança do consumidor dos Estados Unidos caiu de 62,7 em maio para 52,9 em junho, segundo informou hoje a empresa privada de pesquisas Conference Board

A confiança do consumidor dos Estados Unidos caiu de 62,7 em maio para 52,9 em junho, segundo informou hoje a empresa privada de pesquisas Conference Board. O resultado ficou bem abaixo das expectativas dos economistas, que esperavam 62,5 em junho. O dado de maio foi revisado em relação à leitura anterior, de 63,3.

O índice de situação presente, uma medida da avaliação dos consumidores sobre as atuais condições econômicas, caiu de 29,8 em maio para 25,5 em junho. O resultado de maio havia sido estimado anteriormente em 30,2. Já o índice de expectativas para a atividade econômica durante os próximos seis meses despencou de 84,6 para 71,2. A queda no índice de expectativas foi mais que a metade do aumento de 22,4 obtido nos três meses desde fevereiro e que havia levado o índice para o maior nível desde os 89,2 registrados em agosto de 2007.

O porcentual dos pesquisados que acreditam que os empregos estão "difíceis de encontrar" subiu de 43,9% em maio para 44,8% em junho. O porcentual dos que acreditam que os empregos são "abundantes" continuou caindo e chegou a 4,3%. Em maio, era de 4,6%. Já o porcentual de consumidores que espera mais empregos nos próximos meses recuou de 20,2% em maio para 16,0% em junho, enquanto a proporção dos que esperam menos emprego subiu de 10,6% para 11,4%. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.