Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Confiança de consumidores dos EUA bate novo recorde negativo

Nova York, 27 jan (EFE).- A confiança dos consumidores dos Estados Unidos na economia caiu em janeiro em relação a dezembro de 2008 e bateu novo recorde negativo, segundo cálculos divulgados hoje pela consultoria The Conference Board.

EFE |

O índice de confiança que elabora a entidade privada de análise econômica caiu 37,7 pontos neste mês, desde os 38,6 pontos que apresentava em dezembro, chegando ao novo nível mais baixo desde que começou a ser calculado, em 1967.

Além disso, a queda contrariou a previsão relativamente otimista dos economistas, que esperavam um índice de 39 pontos.

A diretora do Centro de Pesquisa do Consumidor da entidade, Lynn Franco, disse ter "a impressão de que os consumidores começaram o novo ano com o mesmo grau de pessimismo que mostraram nos últimos meses de 2008".

O subíndice de percepção dos consumidores sobre a situação atual da economia também, de 30,2 pontos em dezembro a 29,9 em janeiro.

O subíndice relativo às perspectivas dos consumidores da economia para os próximos seis meses caiu a 43 pontos, contra 44,2 em dezembro.

Os entrevistados que consideraram a situação econômica "ruim" também aumentaram, passando de 45,8% em dezembro para 47,9% em janeiro.

A dificuldade para conseguir emprego teve uma leve melhora, diminuindo de 41,5% em dezembro para 41,1%, assim como os acharam que haverá menos emprego nospróxios meses, que caiu de 40,6% para 36,7%.

O pessimismo para os próximos seis meses também diminuiu, de 32,9% em dezembro para 31,1% em janeiro.

A expectativa de melhoria de renda, porém, também caiu, de 12,7% em dezembro para 10% em janeiro.

Os dados se baseiam em uma amostra nacional de 5 mil residências, tomada em 21 de janeiro, um dia após a posse do presidente Barack Obama. EFE vm/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG