Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Concessionárias pedem que Bush conceda ajuda imediata a setor automobilístico

Washington, 17 dez (EFE).- A presidente da Associação Nacional de Concessionárias de Automóveis dos Estados Unidos, Annette Skyora, pediu hoje ao presidente George W.

EFE |

Bush que "atue de forma imediata" para que as montadoras consigam a ajuda financeira de emergência.

"Este é um momento de desespero em muitas comunidades de todo o país. Ouvimos palavras de ânimo da Casa Branca, mas não há tempo a perder. Muita gente depende da Casa Branca para conseguir a ajuda que pode evitar o colapso do setor do motor (...) Precisamos de uma ação imediata", afirmou.

Skyora indicou que este ano se estima que 900 das 19.700 concessionárias que existem no país fecharão suas portas, o que significará o desaparecimento de quase 50.000 postos de trabalho.

A Casa Branca está sob enorme pressão dos democratas, dos três principais fabricantes de automóveis dos EUA e dos trabalhadores do setor para desembolsar um empréstimo de US$ 14 bilhões depois que a tentativa fracassasse no Senado.

A Câmara de Representantes aprovou na semana passada um plano de resgate para General Motors (GM), Ford e Chrysler com o objetivo de lhes ajudar a se manter flutuando até 31 de março de 2009, mas o plano não prosperou no Senado. EFE crd/mh

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG