Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Compras se acentuam e Bovespa se aproxima dos 40 mil pontos

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) ruma para fechamento de pregão em território positivo e ganho semanal de 8,3%. Com cerca de uma hora de pregão pela frente, o Ibovespa apontava alta de 6,40%, para 39.

Valor Online |

955 pontos. O giro financeiro era de R$ 1,64 bilhão.

O destaque segue com o setor de commodities, que sobe forte apoiado em novas medidas de estímulo anunciadas na Ásia. A Índia voltou a reduzir a taxa de juros e o governo chinês estuda pacote para siderúrgicas e montadoras.

Liderando o volume negociado, Petrobras PN ganhava 7,04%, para R$ 24,45, seguida pelo ativo PNA da Vale, que aumentava 8,91%, para R$ 26,02. As ações ON das suas empresas subiam mais de 8% cada.

No setor siderúrgico, CSN ON apontava alta de 9,10%, saindo a R$ 31,64, Usiminas PNA ganhava 9,01%, a R$ 28,91, e Gerdau PN valorizava 6,57%, para R$ 16,05.

Repetindo o sinal externo os bancos também sobem forte. Itaú PN aumentava 10,07%, para R$ 28,63 e Bradesco PN ganhava 8,49%, a R$ 24,51. Já as units do Unibanco apontavam alta de 3,36%, valendo R$ 32,84.

Apenas 5 dos 66 papéis do Ibovespa registravam perda. Puxando a fila Brasil Telecom Part ON desvalorizava 2,29%, a R$ 57,55, Cosan ON caía 0,44%, para R$ 11,19, e Nossa Caixa ON recuava 0,42%, a R$ 67,91.

Fora do índice os bancos médios ganhavam valor. A ação PN do Pine aumentava 10,44%, a R$ 3,70, e Paraná Banco PN subia 6,80%, negociada a R$ 2,67.

Em Wall Street, o dia também é de valorização, o que dá suporte às compras por aqui. Há pouco, Dow Jones ganhava 2,30%, enquanto o Nasdaq avançava 2,64%.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG