Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Compras perdem força e Bovespa briga para manter ganhos do dia

SÃO PAULO - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) luta para permanecer em território positivo, com as compras perdendo força junto com o preço do petróleo e os mercados norte-americanos. Com cerca de meia hora para o encerramento dos negócios, o Ibovespa subia 0,31%, para 38.

Valor Online |

250 pontos, com giro financeiro em R$ 2,73 bilhões.

Em Wall Street, o bom humor com o sinal de recuperação no setor imobiliário durou pouco e as vendas voltaram a falar mais alto. Há pouco, o Dow Jones perdia 0,26%, enquanto o Nasdaq recuava 0,06%.

Segundo a Associação dos Corretores de Imóveis a venda de moradias usadas subiu 6,5% em dezembro, superando o previsto. O crescimento das vendas é reflexo direto da queda nos preços, que recuaram 15,3% no comparativo anual, para US$ 175.400 na média.

O tom negativo foi garantido pela Caterpillar. A fabricante de máquinas pesadas fechou o quarto trimestre com lucro de US$ 661 milhões, ou US$ 1,08 por ação, 32% menor que os US$ 975 milhões obtidos em igual período do ano passado. O resultado ficou abaixo do US$ 1,30 estimado pelos analistas. A empresa também reduziu a previsão de ganho para 2009 e anunciou que deu início à demissão de 20 mil funcionários.

De volta à Bovespa, Petrobras PN apontava ganho de 0,16% aos R$ 23,63, mesmo com o barril de WTI registrando queda no mercado externo. Vale PNA subia 1,14% para R$ 26,60.

Entre os bancos, destaque para a ação ON do Banco do Brasil, que subia 4,88%, para R$ 13,95. Uma mudança contábil autorizada pelo governo relacionada com a Previ resultará em ganho de R$ 2,52 bilhões para o banco estatal.

Ainda no setor, o papel PN do Bradesco recuava 0,04%, para R$ 21,11, e Itaú PN perdia 0,60%, para R$ 23,13. Vale lembrar que esses papéis chegaram a subir mais de 2% durante o período da tarde.

Ainda na ponta vendedora, Usiminas PNA caía 3,53%, para R$ 27,30, e Gerdau PN cedia 0,89%, a R$ 15,42.

(Eduardo Campos | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG