Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Commodities limitam alívio na bolsa

Após muito vaivém, as bolsas em Wall Street ganharam impulso no final da sessão e subiram mais de 4%, ontem, amparadas pelo recuo do petróleo abaixo de US$ 70,00 por barril pela 1ª vez desde agosto de 2007. O tombo da commodity resultou da queda na demanda nos EUA, que atingiu o menor nível em nove anos, e do aumento dos estoques no país.

Agência Estado |

Isso levou os investidores a comprarem ações de setores como serviços públicos, aéreo, matérias-primas e tecnologia. A Bovespa reduziu as perdas, que no pior momento atingiram 8,36%, e terminou em baixa de 1,06%, aos 36.441,72 pontos.

A ação Petrobrás PN perdeu 7,50% e Vale PNA, -2,13%. O dólar à vista chegou a subir até R$ 2,239 (3,42%), mas fraquejou após os leilões do Banco Central e encerrou em baixa de 0,23%, a R$ 2,160 no balcão. O juro de janeiro de 2010 avançou para 14,76%. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG