Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Comitê do Senado dos EUA aprova Geithner para Tesouro

O Comitê de Finanças do Senado dos EUA aprovou, por 18 votos a cinco, a nomeação de Timothy Geithner para secretário do Tesouro, o que abre caminho para que o plenário da Casa o confirme no cargo. Geithner foi bastante pressionado, especialmente por senadores republicanos, por falhas no pagamento de impostos da seguridade social e do Medicare por vários anos.

Agência Estado |

Ele pediu desculpas ao Comitê de Finanças durante a sabatina realizada na quarta-feira, mas alegou que os erros não foram intencionais.

Entre os que votaram contra a indicação esteve Jon Kyl, republicano número 2 na hierarquia do Senado. Ele questionou a franqueza de Geithner nas respostas aos questionamentos sobre sua situação fiscal. "Estou triste ao dizer, porque eu queria muito apoiar essa nomeação, que neste momento eu não acredito que exista a necessária imparcialidade para dar meu apoio com um voto", afirmou.

O presidente do Comitê de Finanças, o senador democrata Max Baucus, disse que o nomeado respondeu as questões a contento. A maioria dos membros do comitê expressou suas reservas quanto aos erros cometidos por Geithner no pagamento de seus impostos, mas poucos consideraram tais incorreções suficientes para desqualificá-lo para o cargo. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG