Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Comexim estima safra de café em 40,60 milhões de sacas

São Paulo, 30 - A exportadora Comexim, de Santos (SP), divulgou hoje estimativa para a safra de café 2009/10, cuja colheita se inicia entre abril e maio. Conforme a empresa, a produção deve ficar em 40,60 milhões de sacas de 60 quilos.

Agência Estado |

Desse total, a empresa projeta que a safra de arábica será de 28,50 milhões de sacas, enquanto a colheita de conillon (robusta) deve alcançar 12,10 milhões de sacas.

A mais recente estimativa oficial da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), de dezembro, projeta a safra 2009/10 entre 36,9 milhões e 38,8 milhões de sacas. O café tipo arábica varia entre 26,8 milhões e 28,3 milhões de sacas, segundo a Conab. Já o conillon deve representar de 10 milhões a 10,5 milhões de sacas.

De acordo com o trader da Comexim, John Wolthers, a estimativa da exportadora "parece ser um bom palpite". Ele diz que, embora seja esperada uma redução na produção de arábica, as chuvas durante o desenvolvimento da safra têm favorecido as lavouras "magnificamente".

Wolthers acrescenta que o bom desenvolvimento das culturas até agora, aliada à leve indisponibilidade de café, levou a uma agressiva demanda do exterior entre julho e dezembro. Apesar do aceitável volume de grãos previsto para este ano, "o grande enigma será o fator moeda, o que para nós é um alto fator de risco".

Ele observa que a Comexim faz estimativas sobre a safra de café desde 1996. "Durante todos estes anos, temos feito a nossa pesquisa com base em fontes confiáveis", afirma. Conforme Wolthers, os informantes são invariavelmente os compradores café em locais como Bahia, Paraná, interior do Estado de São Paulo, muitos pontos em Minas Gerais e Espírito Santo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG