Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Comércio varejista registrou perdas de 0,7% em novembro, informa IBGE

RIO DE JANEIRO - O comércio varejista apresentou queda nas vendas entre os meses de novembro e outro de 2008. Segundo os dados divulgados nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as taxas ficaram em -0,7% para o volume de vendas e de -0,4% para a receita nominal (volume financeiro).

Redação |

Na comparação entre novembro de 2008 com o mesmo período do ano passado, o varejo registrou uma elevação de 5,1% no volume de vendas e de 12% na receita. Apesar desse saldo positivo, o IBGE indica que houve uma desaceleração no ritmo de crescimento na comparação com iguais meses do ano anterior.

No acumulado do ano e dos últimos 12 meses, as taxas apresentaram pouca variação, ficando em 15,9% e 15,6%, respectivamente, em receita e em 9,8% no volume de vendas para ambos os períodos.

Setores 

Na relação novembro/ outubro de 2008, com ajuste sazonal, houve resultados negativos em cinco das oito atividades que compõem o varejo, com destaque para equipamentos de escritório, informática e comunicação (-9,8%), seguidos por tecidos, vestuário e calçados (-5,5%); móveis e eletrodomésticos (-3,3%); outros artigos de uso pessoal e doméstico (-2,3%); e combustíveis e lubrificantes (-0,9%).

Os resultados positivos foram registrados nos artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (1,6%); livros, jornais, revistas e papelaria (1,3%); e hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,7%).

 

Impacto do setor automobilístico

Para o comércio varejista ampliado, composto pelo mercado de veículos e motos, partes e peças e material para construção, a retração nas vendas entre os meses de novembro e outubro foi superior a registrada no comércio varejista, ficando em -,3,4% no volume de vendas e -3,1% na receita.  Os técnicos do IBGE creditam a redução principalmente ao comércio de veículos e de peças, que registrou -7% em suas vendas.

Na comparação com novembro de 2007, essa parcela do comércio apresentou uma redução de -4,1%.

 

Leia tudo sobre: ibge

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG