Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Combustível caro e fraca atividade econômica dos EUA afetam resultado trimestral da UPS

SÃO PAULO - Os custos mais elevados com combustível e a desaceleração econômica dos Estados Unidos afetaram o desempenho trimestral da UPS, empresa de serviços de entrega de encomendas. Nos três meses até junho, o lucro líquido foi de US$ 873 milhões, ou US$ 0,85 por ação, inferior ao US$ 1,104 bilhão, ou US$ 1,04 o papel. A receita total subiu 6,7%, para US$ 13,001 bilhões.

Valor Online |

Apesar de as condições econômicas no segundo trimestre terem sido desafiadoras, a UPS acredita firmemente que os fundamentos de crescimento de longo prazo da companhia e da indústria são muito favoráveis, disse o executivo-chefe da empresa, Scott Davis.

Nos três meses até junho, a UPS entregou 959 milhões de pacotes, praticamente sem alteração na comparação com o segundo trimestre de 2007.

O abrandamento da atividade econômica dos Estados Unidos e os aumentos nos preços do combustível nos afetaram e atingiram nossos clientes durante o trimestre, reforçou o diretor financeiro da empresa, Kurt Kuehn.

Apesar de não haver previsão de uma recuperação até 2009, a companhia acredita que o segundo semestre deste ano será marcado por resultados modestamente melhores do que na primeira parte de 2008, considerando que as condições de negócios não piorem.

Para o calendário completo, a previsão é de lucro por ação de US$ 3,50 a US$ 3,70. No segundo semestre, o ganho deve ser de US$ 1,78 a US$ 1,98 o papel.

Os dados estão na página eletrônica da UPS.

(Juliana Cardoso | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG