Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Com virada no final, Bovespa fecha em alta de 0,4%

Por Aluísio Alves SÃO PAULO (Reuters) - Com uma reviravolta de última hora, a Bovespa fechou a segunda-feira em alta, num dia em que o vencimento de opções compensou parcialmente o marasmo dos mercados devido a um feriado nos Estados Unidos.

Reuters |

Depois de ter passado o dia inteiro no vermelho, o Ibovespa mudou subitamente de mão quando eram computadas as últimas operações, para fechar em alta de 0,4 por cento, aos 41.841 pontos.

Os 2,1 bilhões de reais movimentados no exercício dos contratos de opções, o maior montante em nove meses, sustentaram giro financeiro total de 4,95 bilhões.

"Sem Wall Street, o mercado ficou sem referência. Com liquidez baixa, nenhum movimento é muito consistente", disse o gerente de operações da corretora Um, Rodrigo Cunha da Silveira.

Na maior parte do dia, o Ibovespa acompanhou a tendência negativa das bolsas européias e asiáticas, diante do anúncio de que a crise levou o PIB japonês ao pior resultado em 34 anos e da queda nos preços de commodities como metais e petróleo.

Mas foram justamente os papéis de empresas de matérias-primas as responsáveis pela virada. Petrobras avançou 1,16 por cento, a 27,92 reais, enquanto Vale subiu 0,75 por cento, a 30,92 reais.

Redecard, que na última sexta-feira subira forte após ter divulgado resultado melhor do que as expectativas, voltou à carga com avanço de 2,9 por cento, a 28,30 reais.

Fora do índice, o grande destaque do dia foi Positivo Informática, que deu um salto de 78,85 por cento, a 9,30 reais, em meio a rumores de que a companhia está sendo cobiçada por gigantes internacionais do setor.

Na mão contrária, a ação ordinária da Oi caiu 2,75 por cento, valendo 34 reais, no dia em que uma decisão da Justiça do Rio de Janeiro fez a companhia suspender o pagamento de dividendo extra de cerca de 1,2 bilhão de reais que seria pago neste mês. A empresa informou que está tomando medidas para tentar reverter a decisão.

(Edição de Alexandre Caverni)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG