O gigante da internet Yahoo anunciou ontem que obteve no terceiro trimestre um lucro líquido de US$ 54,34 milhões, uma queda de 64% em relação aos ganhos do mesmo período do ano passado. A receita do grupo no período cresceu 1%, chegando a R$ 1,786 bilhão.

Além disso, a empresa informou que pretende eliminar pelo menos 1,4 mil empregos nos próximos dois meses, para superar as dificuldades econômicas que vem enfrentando. Isso significa um corte de cerca de 10% no número atual de empregados da companhia em todo o mundo.

O Yahoo não deu detalhes sobre em que países acontecerão as demissões. A empresa já havia anunciado um corte de pessoal similar em fevereiro.

De acordo com a companhia, seu objetivo é reduzir as despesas em US$ 400 milhões anuais antes do final de 2008. A direção da empresa disse que já começou a tomar medidas para diminuir seus custos atuais.

"Os passos que estamos dando neste trimestre deveriam servir para conseguir não só lucro operacional e de fluxo de caixa a curto prazo, mas também melhorar substancialmente a flexibilidade para competir a longo prazo", disse Jerry Yang, co-fundador e presidente-executivo do Yahoo, em comunicado. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.