EUA - O Citigroup anunciou nesta sexta-feira que vai dividir a companhia em duas firmas separadas em uma tentativa de restaurar a rentabilidade, depois de divulgar um prejuízo maior que o esperado no quarto trimestre.

"Hoje anunciamos que divideremos a companhia, ao final da gestão, em duas firmas separadas: Citicorp e Citi Holdings", informou Vikram Pandit, diretor executivo do Citigroup. "Estamos estabelecendo um claro mapa do caminho para restaurar a rentabilidade", acrescentou.

O Citigroup anunciou nesta sexta-feira um prejuízo líquido de US$ 8,29 bilhões no quarto trimestre, ou US$ 1,72 por ação, um resultado mais amplo que o esperado pelo mercado. Com os resultados do último trimestre, o grupo financeiro acumulou prejuízo líquido de US$ 18,72 bilhões (US$ 3,88 por ação) em todo o ano de 2008.

De acordo com o relatório distribuído pelo banco, os números do trimestre passado incluem US$ 6,1 bilhões em perdas líquidas com operações de crédito e ainda US$ 6 bilhões em provisões para créditos duvidosos. Por outro lado, a venda das operações de varejo na Alemanha proporcionou ganho de US$ 3,9 bilhões.

A receita do Citigroup de outubro a dezembro de 2008 somou US$ 5,6 bilhões, afetada por depreciação de ativos e por prejuízos nas atividades bancárias e em valores mobiliários.

"Nossos resultados continuam deprimidos por um desarranjo sem precedentes nos mercados de capitais e por uma economia fraca", comentou em nota o presidente do Citigroup, Vikram Pandit. Ele afirmou, contudo, que o banco fez progressos em sua meta de se recuperar, tendo diminuído a exposição a créditos podres e derivativos, e cortado custos e funcionários.

(*com informações da Reuters, AFP e Valor)

Leia mais Citigroup

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.